ANANIAS COUANA: “NUM CENÁRIO PESSIMISTA PODEREMOS NÃO TER MOÇAMBOLA ESTE ANO”

O presidente da Liga Moçambicana de Futebol (LMF), Ananias Couana garantiu na manhã desta quarta-feira, durante a visita do Secretário de Estado do Desporto Gilberto Mendes ao organismo que gere o principal campeonato de futebol do país, que estão a decrescer as chances para o arranque do Moçambola neste ano. Durante o mesmo encontro, Gilberto Mendes fez saber que o Governo aprovou um relaxamento das medidas restritivas ao desporto, no âmbito no Estado de Emergência em vigente no país.

POR: ELTON VALDEMIRO

No balanço da visita do Secretário de Estado do Desporto Gilberto Mendes, ao organismo que gere o futebol nacional, Ananias Couana começou por dizer que os prazos da época 2020 estão em decadência:

Os prazos da época de 2020 começam a escaciar, o que vai implicar naturalmente neste momento se até 31 de Maio não tivermos o relaxamento que nos possibilita a iniciar o nosso campeonato nacional, não nos restará nada que solicitar a Federação Moçambicana de Futebol, portanto para o prolongamento da época de 2020. Sabemos por outro lado há uma expectativa da alteração da época desportiva mas isso tem os seus passos que devem ser dados pela FMF, o que a LMF vai fazer é solicitar o prolongamento da época 2020. Naturalmente poderemos terminar esta época só em 2021 e vamos ver até quando vamos iniciar o campeonato nacional” disse.

Mais adiante o presidente da Liga Moçambicana de Futebol assegurou que caso a situação da covid-19 se agrave no país, não haverá futebol em 2020:

Num cenário pessimista poderemos não ter o campeonato para esta época” garantiu.

Ainda no que toca a mudança de época, o Couana não deu garantia alguma, referindo que a decisão final caberá à Federação Moçambicana de Futebol:

Aquilo que compete a Liga Moçambicana de Futebol será a solicitação do prolongamento da época e a alteração de época desportiva à FMF. Nesse âmbito o que fizemos foi auscultar os clubes sobre a provável mudança de época desportiva” rematou.

Por sua vez, o Secretário de Estado do Desporto Gilberto Mendes revelou que, ontem dia 12, o Conselho de Ministros aprovou um relaxamento em relação ao desporto para o regresso aos treinos, apenas em modalidades individuais no país, à semelhança do que acontece em outras realidades:

(…)a nossa tarefa neste momento é cuidar da saúde das pessoas, e monitorizar a questão da pandemia(…) o Conselho de Ministros aprovou algum relaxamento em relação ao desporto para que as actividades individuais começarem a treinar particularmente. A medida abrange apenas os atletas que
tem a participação nos jogos olímpicos, ou aqueles que estão em perspectivas de apuramento para os jogos olímpicos
” assegurou.

Em relação ao Moçambola, Mendes disse que caberá a LMF e a FMF deliberar se haverá ou início da prova este ano:

se por ventura até o final do Estado de Emergência, o nível baixar para o nível dois, caberá a direção do moçambola juntamente com a FMF e os seus parceiros decidirem se avançam para o Moçambola à porta fechada ou se preferem esperar um bocadinho mais(…)” afirmou.

NÓS VIVEMOS O DESPORTO!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.