MOÇAMBOLA ADIADO PARA 9 DE JANEIRO DE 2021

O Moçambola foi adiado para o próximo dia nove de Janeiro de 2021. A decisão surge na sequência da reprovação da pretensão da mudança de época no país, pelas associações provinciais de futebol.

TEXTO: REDACÇÃO/ ESFÉRICO

Foi um dia carregado de surpresas para o futebol nacional. Durante uma conferência de imprensa conjunta entre a Federação e Liga moçambicanas de futebol, ficou confirmado que a próxima edição do Moçambola, será disputado pelos 14 clubes com direito a participação na maior prova futebolística nacional. Mas para melhor entendimento do muito que foi dito, queira ler a síntese por partes:

GRANDES DECISÕES DA ASSEMBLEIA GERAL DA FMF MUDAM TUDO

Pela não aprovação da época desportiva a Direcção Executiva da FMF deliberou pelo seguinte:

1-Manter a época normal com início no dia 02 de Janeiro de 2021 e término no dia 30.11.2021;

2-Manter o prazo de inscrições de jogadores em curso;

3-Inciar o licenciamento de Clubes do Moçambola a início 25.11.2020 e término no dia 11.12.2020, e
iniciar o licenciamento de clubes que militam no provincial no dia 25.11.2020 e término no dia 31.01.2021.

MOÇAMBOLA ARRANCA A 9 DE JANEIRO DE 2021

A decisão do adiamento da principal prova futebolística nacional para o próxima ano, abre espaço para que clubes como o Desportivo Maputo, Textáfrica e Incomáti, ora afastados por não reunir os requisitos para o licenciamento, possam disputar a próxima edição do Moçambola.

Os casos positivos de COVID-19 que tivemos na selecção nacional preocuparam a todos. Foi por isso que tivemos de manter vários encontros com a SED. Desses encontros, chegamos a um consenso, precisamos de melhorar a questão sanitária dos atletas e do público. De apertar nas medidas de prevenção. Aliás, tivemos de repensar no arranque da prova máxima a 05 de Dezembro” avançou Feizal Sidat presidente da FMF acrescentando que “os clubes que já se licenciaram terão a licença automaticamente renovada, com novos certificados. Os que não cumpriram com o licenciamento, terão a chance de o fazer”.

A Liga Moçambicana de Futebol que já se preparava para arrancar o Moçambola com 11 clubes, apelou mais responsabilidade aos três “repescados”:

Temos de estar serenos e calmos. Há uma oportunidade que se abre para que tenhamos os clubes licenciados, mas também que haja uma época mais longa. Nós iríamos disputar três jornadas ainda este ano, estando a quarta marcada para a primeira semana de Janeiro. O que estamos a dizer é que a prova arranque na mesma data em que deveria ser disputada a quarta jornada, ou seja, a 09 de Janeiro. Vamos agora reunir com os nossos associados para definir os passos subsequentes. Mas sendo uma época atípica, marcada pela pandemia, é preciso compreender que a decisão do arranque do campeonato está também nas mãos da Federação Moçambicana de Futebol e do Governo, através da Secretaria de Estado do Desporto”.

CLUBES QUE JÁ TREINAVAM DEVEM CONTINUAR O PROCESSO NUM AMBIENTE SERENO

Aos clubes que já treinavam tendo em vista arrancar o Moçambola no próximo dia 5 de Dezembro, presidente da FMF informou que “o início da época a 02 de Janeiro não deve condicionar os treinos. Os treinos devem continuar e os atletas devem manter-se nos seus clubes. A nossa recomendação como Federação é que a prova máxima arranque a 09 de Janeiro. Mas isto cabe à Liga Moçambicana de Futebol e seus associados”.

NÓS VIVEMOS O DESPORTO!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.