GOVERNO PRORROGA ESTADO DE EMERGÊNCIA POR MAIS 30 DIAS

O governo de Moçambique prorrogou o estado de emergência por mais 30 dias, devido a rápida propagação da pandemia de covid-19 no país, anunciando, entretanto, que os próximos 15 dias serão decisivos.

POR: REDACÇÃO

O Presidente da República, Filipe Nyusi anunciou na noite desta quinta-feira(28), a prorrogação do estado de emergência em vigor no país desde 30 de Março, por mais trinta dias, devido a rápida propagação da covid-19 no país, que regista até ao momento 233 infectados e dois óbitos devido à doença viral.

Numa declaração que teve cerca de meia hora de tempo, Nyusi fez menção aos factores que concorrerão para um agravamento ou relaxamento das medidas restritivas no Desporto:

(…) O governo irá avaliar o momento para autorizar o treinamento das selecções nacionais de alto rendimento, com compromissos internacionais“.

Ainda segundo o Presidente da República, o relaxamento das medidas restritivas impostas no âmbito da prorrogação do estado de emergência até o dia 29 de Junho, dependerá do cumprimento rigoroso de medidas de prevenção como:

-USO DE MÁSCARAS E DESINFECTANTES;

-OBSERVAR O DISTANCIAMENTO SOCIAL NA PRÁTICA DE ACTIVIDADES FÍSICAS EM LOCAIS COM AGLOMERADOS;

-OBSERVAR O HORÁRIO DE ENCERRAMENTO DOS ESTABELECIMENTOS COMERCIAIS;

-RESPEITAR A LOTAÇÃO NOS TRANSPORTES PÚBLICOS;

-RESPEITAR O PROTOCOLO DE SAÚDE NOS FUNERAIS; e

-FICAR EM CASA;

Moçambique registou o primeiro caso da pneumonia viral à 22 de Março, sendo que a 30 de Março, já com oito casos positivos, o governo declarou o estado de emergência. Este veio a ser prorrogado pela primeira vez a 22 de Abril passado, quando o país registava 76 casos positivos à doença.

A grande novidade desta segunda prorrogação, é que os próximos 15 dias serão decisivos para o relaxamento ou agravamento das medidas de nível 3, em vários sectores da sociedade incluindo o Desporto, um dos mais afectados pela covid-19.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.