RALLY DAKAR 2022: EM DIA DE VERIFICAÇÕES TÉCNICAS E ADMINISTRATIVAS A CULTURA MOÇAMBICANA FAZ FUROR EM JEDDAH

TEXTO: GILBERTO GUIBUNDA/MOZAUTOSPORT

Ao terceiro dia em Jeddah, Paulo Oliveira, assim como os restantes elementos concorrentes, foram chamados à verificações técnicas e administrativas na preparação do tão aguardado início do Rally Dakar 2022, e houve um elemento que mais chamou atenção aos presentes: o seu capacete.

É que o mesmo foi distinguido como a mais bonito entre os que no acto foram avaliados, não sendo ele carregado dum simbolismo cultural nacional, a capulana.

Aliás, Paulo Oliveira fez questão de explicar aos mais curiosos sobre o traçado do seu capacete, que mais do que um elemento de protecção leva consigo o que de melhor existe no país: a cultura e o turismo.

MOÇAMBIQUE PELA PRIMEIRA VEZ NO RALY DAKAR

Moçambique só pode se dar de satisfeito por ter a sua bandeira hasteada entre as demais num grande evento desportivo mundial, quão é o Rally Dakar.

Paulo Oliveira é o responsável por esta façanha. O evento planetário arranca oficialmente no dia 01 de Janeiro e prolonga-se até dia 14 do mesmo mês de 2022. Para o evento estão confirmados mais de 750 participantes, entre pilotos e navegadores, 578 veículos e um Dakar Classic (128 automóveis e 20 camiões), o que segundo os analistas, tornarão a Arábia Saudita um maior desafio para a navegação, descobertas e muita areia. Paulo Oliveira está no lote dos 149 motociclistas inscritos – ele carrega a chapa 166 -, 97 automóveis, 58 camiões, 21 quad’s e 105 SSV’s.

NÓS VIVEMOS O DESPORTO!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.