LUÍS MIQUISSONE JUNTA-SE AO GRUPO DE TRABALHO DOS MAMBAS ESTA SEXTA-FEIRA

O futebolista moçambicano do momento Luís Miquissone ao serviço do Simba da Tanzânia, deverá juntar ao grupo de trabalho dos Mambas nesta sexta-feira(18.03).

TEXTO: REDACÇÃO

Está confirmado: Luís Miquissone deverá juntar-se aos Mambas amanhã. Quem também juntará-se ao grupo de trabalho nos próximos dias, é Clésio Baúque, cuja cedência pelo Zira já foi autorizada.

LUÍS GONÇALVES CONSTATA BONS INDICADORES NOS PRIMEIROS DIAS DE TREINO

O seleccionador dos Mambas Luís Gonçalves, disse na última quarta-feira (17/03), ter constatado bons indicadores por parte dos jogadores, que segundo o mesmo, têm se mostrado positivistas, empenhados e focados, no processo de preparação para o jogo da quinta jornada do grupo F, diante do Ruanda no próximo dia 24 do mês em curso.

“Nós já começamos o nosso trabalho, fizemos duas sessões de treino no campo em que o grupo dos jogadores que tenho não é extenso, mas o importante é que estão aqui a trabalhar. trabalhamos várias situações com maior incidência na área física, mas nunca esquecemos outros aspectos, técnico tácticos, a questão da finalização que considero muito importante que estará presente em todos os treinos” rematou o técnico dos Mambas, acrescentado que o empenho, positivismo e dedicação marcaram os primeiros dias de treino: “No primeiro dia tive bons indicadores dos jogadores o ambiente realmente é muito positivo, estamos todos muito empenhados, estamos todos muito focados em nos preparar, da melhor maneira possível para estes desafios, mas infelizmente tivemos três jogadores que acusaram positivo dos testes de COVID-19, e que naturalmente estão a cumprir o isolamento e estão a seguir o protocolo necessário, e em função disso resolvi chamar três jogadores para completar este trabalho” . Sobre a possível ausência dos jogadores que militam nos campeonatos europeus, Gonçalves disse ainda ter incertezas, mas promete trazer uma equipa competitiva frente ao Ruanda: “(…) a informação que tenho é que todas a federações africanas, Moçambique também, estamos realmente a trabalhar no sentido de trazermos esses jogadores, e a qualquer momento termos novidade e sempre com a esperança e com ambição de irmos ao Ruanda fazer o melhor possível, neste momento não consigo dizer nem consigo saber quem são os jogadores que terei a disposição e acredito que no fim das contas vamos apresentar uma equipa competitiva, dando o nosso melhor.”

Depois que três jogadores testaram positivamente para COVID-19, o seleccionador nacional chamou de urgência, quatro reforços que militam no Moçambola, nomeadamente, o defesa Chico Mioche e o médio Nelson, do Costa do Sol, Fidel (também defesa) e Melque (avançado), ambos da associação Black Bulls.

NÓS VIVEMOS O DESPORTO!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.