GIANNI INFANTINO NA BARRA DA JUSTIÇA

A Justiça Suíça abriu, na última quinta-feira(30), um processo criminal contra o actual presidente da FIFA, Gianni Infantino, por alegadas reuniões informais não declaradas com Michael Lauber, procurador-geral Helvético.

Michel Lauber, é indiciado por abuso de cargo, assistência e incitamento a infratores. O procurador foi sujeito a um corte salarial de 5%, tendo por conseguinte, se demetido na semana passada.

Segundo o comunicado do tribunal Administrativo Federal(TAF):

“(…)No essencial, foram violados os deveres do Procurador Geral no que diz respeito à terceira reunião com o presidente da FIFA, também considerada uma violação grave dos seus deveres”.

Lauber, mantia encontros com o presidente da FIFA, numa altura em que se investigava o escândalo de corrupção que assolou o organismo que gere o futebol no mundo em 2015.

Nós Vivemos o Desporto!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.