FRANÇA: REINILDO CONFIANTE NA VITÓRIA DO LILLE DIANTE DO BORDÉUS DE MEXER

O internacional moçambicano Reinildo Mandava que actua no Lille da França, fez a antevisão da partida dos “les dogues”, diante do Bordéus do também internacional moçambicano Mexer Sitoe. O desafio que conta para a está agendada para este Domingo (13/11).

TEXTO: SHAYD PARBATO

O lateral moçambicano Reinildo Mandava fez parte da conferência de imprensa que teve lugar ontem, a anteceder a partida de hoje. Na ocasião, Mandava dirigiu-se aos jornalistas em francês, sendo que talvez por isso, o número de questões direccionadas ao jovem jogador foi elevado.

ESFÉRICO teve o cuidado de transcrever os pontos importantes, da entrevista colectiva que passamos a citar:

-Estiveste bem na partida com o Mônaco, mas como é que estás a lidar com o facto de não seres um titular indiscutível?

-Vejo isso como algo normal, trabalho sempre para estar no meu melhor e ajudar a equipa. A questão das escolhas, é trabalho do treinador. O meu trabalho é ajudar a equipa mesmo que eu alinhe cinco minutos antes do fim da partida.

-Quais as áreas que tens de melhorar nos próximos jogos?

-(…)Eu preciso melhorar ofensivamente, pois quero defender bem, e atacar melhor.

-És muito agressivo em campo, no sentido positivo e num passado não muito distante foste expulso por isso. Achas que deves gerir melhor a tua agressividade?

-A minha agressividade não é para resultar num cartão ou algo do gênero(…) É a minha forma de jogar(…) na primeira partida desta época eu tive um cartão vermelho, foi o primeiro na minha carreira. O meu treinador aconselha-me a ter mais atenção para não ter cartões(…) meus colegas fazem o mesmo.

-O teu francês está óptimo, melhoraste muito não?

-Todos dias comunico-me com os meus colegas em francês(…)Mesmo que esteja aparamente bom, prometo que irei melhorar ainda mais.

-Achas que falar francês ajuda-te enquanto jogador e na tua vida fora do campo?

-Sim sim(…) isso é bom(…) consigo perceber o que o treinador e colegas dizem, é realmente muito bom.

-Todos jornalistas acham que o jogo com o Mônaco foi o teu melhor jogo desde que cá chegaste, essa também é a tua opinião?

-Sim, eu sei que fizemos um jogo enquanto equipa. (…)Eu joguei bem, estive concentrado, mas é resultado de um trabalho colectivo.

-Dizes que para jogares bem, é imperioso que tenhas confiança, e os teus colegas também tenham confiança é isso?

-Mais ou menos isso. O que quis dizer é que se eu tenho confiança em mim, no treinador, e nos meus colegas, e a sintonia for a mesma, estaremos bem.

-Tu conheces o Bordéus. Quais são os objectivos do Lille, para a partida diante do Bordéus?

-Sim, eu o conheço o Bordéus(…) eu tenho um irmão moçambicano que joga no Bordéus. Não será um jogo fácil para nós, mas nós trabalhamos sempre para conseguir somar vitórias. Sabemos que a viagem será cansativa mas não é desculpa pois estamos habituados.

O Lille ocupa a segunda posição da primeira liga francesa de futebol com 26 pontos, a dois de diferença com o líder Paris Saint Germain. O Bordéus de Mexer está no décimo posto com 19 pontos.

NÓS VIVEMOS O DESPORTO!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.