FIM DA LINHA PARA CHIQUINHO CONDE

O Vitória de Setúbal de Portugal anunciou a rescisão contratual com o técnico moçambicano Chiquinho Conde, que deixa o clube após ter assumido o plantel em 2018.

TEXTO: LEOVIGILDO DA CRUZ

No seu comunicado de imprensa, o clube Vitória de Setúbal confirmou a informação:

“(…)O Vitória de Setúbal informa que o treinador Chiquinho Conde não continuará no comando da equipa de sub-23 após o término do vínculo de duas épocas, celebrado em 2018, no arranque do projecto”.

Reagindo ao anúncio, o actual técnico e antiga estrela da selecção nacional de futebol Chiquinho Conde, disse sentir-se desrespeitado, pela forma como o clube procedeu a sua saída:

“(…)a actual estrutura, não é obrigada a continuar com o Chiquinho Conde, porque fui e sou um símbolo do clube, como está patente no quadro de honra da instituição, mas confesso que saio magoado, pela maneira como o processo foi conduzido, mostrando uma clara falta de respeito, para comigo e fundamentalmente pela minha equipe técnica, que grande parte dela, foi comunicada pelo telefone” desabafou.

Importa referir que os sub-23 do Vitória de Setúbal, foi o primeiro clube internacional comandado por Chiquinho, depois de comandar Maxaquene, Desportivo de Maputo, Ferroviário, Vilankulo, Maxaquene e União Desportiva do Songo.

Nos vivemos o Desporto!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.