COVID19 NA INGLATERRA: CLUBES DA PREMIER LEAGUE PODEM CORTAR SALÁRIOS DE JOGADORES QUE NÃO ESTIVEREM VACINADOS

Vários clubes da Premier League estarão a considerar cortar salários dos jogadores que não estiverem ou não quiserem ser vacinados. Esta medida, surge no âmbito dos 42 casos positivos detectados dentro da competição, na última semana.

De acordo com o Daily Mail, o plano passa por cortar vencimentos caso os atletas sejam forçados a isolarem-se por falta da vacina, não remunerando esse período no qual o infetado estará longe das atividades do clube.

A Premier League já teve vários jogos adiados nas últimas duas jornadas por conta dos surtos que tem se verificado nos clubes, causados pela mais recente variante Omicron.

Estima-se que cerca de 68% dos atletas da primeira divisão inglesa de futebol estão completamente vacinados, números satisfatórios, mas longes de uma maioria segura.

O Tottenham, Manchester United e Norwich tiveram nos últimos dias problemas com a Covid-19, uns por suspeitas de infecção, outros confirmados.

NÓS VIVEMOS O DESPORTO!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.