SINDICATO DE JOGADORES ENCORAJA “MÃO PESADA” DA FMF NO LICENCIAMENTO DE CLUBES

Sindicado de Jogadores de Futebol Moçambique encoraja a Federação Moçambicana de Futebol (FMF) a continuar implacável, na implementação das reformas em curso, a luz das recomendações da FIFA E CAF.

TEXTO: REDACÇÃO

Por não disporem do certificado de licenciamento de clubes para Moçambola refente a época 2020/21, o Desportivo Maputo, Incomáti e Textáfrica, não vão, segundo a decisão da Federação Moçambicana de Futebol(FMF), participar na próxima edição do Moçambola.

A decisão surpreendeu muitos adeptos do futebol nacional, pois de algum tempo à esta parte, o processo de licenciamento de clubes não era conduzido com o devido rigor.


Na visão do Sindicado de Jogadores de Futebol Moçambique, a FMF deve a continuar implacável, na implementação das reformas em curso no futebol nacional:

´´Estamos satisfeitos com a forma como a FMF está a lhe dar com a gestão das reformas do futebol nacional. O licenciamento é um exemplo daquilo que nós já devíamos ter seguido e temos estado a resistir. Felizmente chegou uma altura em que a FIFA e a CAF estão a impor. Essa imposição obriga-nos a não termos contemplações. No passado sempre levávamos a nossa maneira. O licenciamento de 11 dos 14 com direito a disputar o Moçambola mostra que é possível licenciarmos os clubes(…)há muitos clubes com condições de o fazer mas não estão a fazer, é preciso alguma coação, portanto para nosso lado é muito bom´´ avançou António Gravata presidente do Sindicado de Jogadores de Futebol Moçambique.

YASSIN AMUJI ´´É TRISTE QUANDO CLUBES HISTÓRICOS NÃO CUMPREM REQUISITOS MÍNIMOS PARA LICENCIAMENTO´´


ESFÉRICO esteve à conversa com Yassin Amuji, patrono do Vilankulo FC, sobre o Licenciamento de Clubes. O gestor desportivo não gostou da saber que clubes históricos não disputarão o Moçambola 2020/21, por não estarem licenciados:

´´É triste quando clubes históricos e que já estão a algum tempo a disputar a alta competição, não conseguem cumprir com os requisitos mínimos para o licenciamento de clubes. Nós temos informações de que a FMF reduziu os requisitos de tal forma que albergasse aquilo que é a nossa realidade. Os clubes poderiam muito bem preparar-se para isso´´ rematou.

O Vilankulo FC que disputa o campeonato provincial de Inhambane, está numa fase avançada de preparação para o Licenciamento.

NÓS VIVEMOS O DESPORTO!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.