REAL MADRID, BARCELONA E JUVENTUS SÃO ALVOS DE PROCESSOS DISCIPLINARES INSTAURADOS PELA UEFA

A União das Associações Europeias de Futebol, a UEFA, vai processar o Real Madrid, Barcelona e Juventus. Em causa está uma potencial violação do quadro jurídico do futebol europeu, no âmbito do projecto elitista da Superliga.

TEXTO: REDACÇÃO-ESFÉRICO

Há duas semanas fora iniciada uma investigação conduzida por inspectores de Ética e Disciplina da UEFA, que acabou por concluir pela abertura do processo, por “potencial violação do quadro jurídico” do futebol europeu.

A 18 de Abril ultimo, 12 clubes anunciaram a criação de uma competição anual com 20 equipas, na véspera de a UEFA revelar o formato competitivo da Liga dos Campeões, a partir da epoca 2024/25.

Esta decisão abalou o futebol europeu e as manifestações unânimes de repúdio fizeram com que, volvidas 48 horas, já só Real Madrid, que preside à Superliga, FC Barcelona e Juventus se mantivessem no projecto.

Os outros nove clubes, nomeadamente os ingleses do Manchester City, Liverpool, Chelsea, Manchester United, Tottenham e Arsenal, os italianos do AC Milan e Inter de Milão e os espanhóis do Atlético de Madrid desistiram do projecto em poucas horas.

Uma medida que ainda assim não evitou que fossem repreendidos pela UEFA, com os clubes a aceitarem uma série demedidas de reintegração, incluindo renunciar a 5% do rendimento proveniente de uma época nas competições europeias.

Paralelamente, os clubes desistentes vão doar, em conjunto, um total de 15 milhões de euros a comunidades locais do futebol europeu.

Ao aceitar os seus compromissos e a sua vontade de reparar a perturbação que causaram, a UEFA quer deixar este capítulo para trás e avançar com um espírito positivo, segundo afirmou o presidente da UEFA, Aleksander Ceferin, em comunicado.

NÓS VIVEMOS O DESPORTO!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.