PETIÇÃO ONLINE A PEDIR CANCELAMENTO DOS JOGOS OLIMPICOS ULTRAPASSOU 200 MIL ASSINATURAS

Petição online a pedir o cancelamento dos Jogos Olímpicos Tóquio 2020, devido à pandemia da COVID-19, ultrapassou as 200 mil assinaturas na última sexta-feira. A iniciativa pede ainda que os recursos financeiros atribuídos a este evento planetário, sejam usados para proteger vidas humanas.

TEXTO: REDACÇÃO ESFÉRICO

A campanha lançada na última quarta-feira(05.05) pelo advogado e activista japonês Kenji Utsunomiya, é dirigida aos presidentes do Comité Olímpico Internacional e do Comité Paralímpico Internacional, Thomas Bach e Andrew Parsons, respetivamente.

É também dirigida ao primeiro-ministro japonês, Yoshihide Suga e ao ministro responsável pelos Jogos Olímpicos, Tamayo Marukawa, à governadora de Tóquio, Yuriko Koike, e ao presidente do Comité Organizador de Tóquio 2020, Seiko Hashimoto.

A iniciativa pede que os recursos financeiros atribuídos a estes eventos sejam usados para “proteger vidas”, denunciando que “a pandemia está longe de terminar”, concluindo que a organização da prova planetária, ”colocará vidas humanas em risco”.

Os trabalhadores da saúde no Japão revoltaram-se contra o plano de destacar 10 mil funcionários da área para os Jogos Olímpicos, numa altura de enorme pressão da quarta vaga da covid-19 no país.

O estado de emergência, em vigor nas regiões mais populosas, vai ser prolongado até ao final deste mês, devido ao aumento dos casos.

Recorde-se que o Comitê Olímpico internacional anunciou um acordo para que a Pfizer e a BioNTech doassem doses da vacina contra a covid-19 para os participantes nas olimpíadas, incluindo atletas, treinadores, federações e representantes de comités nacionais.

A petição, em Change.org, lembra que as sondagens efetuadas no Japão mostraram que 80% dos inquiridos não estão a favor a realização de Tóquio2020, e pede ainda aos responsáveis dos organismos envolvidos que ouçam “as vozes de dentro e de fora do Japão” em defesa do cancelamento dos Jogos Olímpicos.

Nós vivemos o Desporto!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.