OFICIAL: SÉRGIO AGUERO ANUNCIA FIM DA CARREIRA DEVIDO A ARRITMIA CARDÍACA

O avançado internacional argentino Sérgio Aguero anuncia o fim da carreira de futebolista profissional devido a uma arritmia cardíaca.

O anúncio foi feito durante um evento realizado na tribuna de Camp Nou, cerimônia que contou a presença, do presidente do FC Barcelona, Joan Laporta, dos jogadores da primeira equipa catalã e Pep Guardiola, treinador do Manchester City, clube em que Aguero jogou durante 10 anos, precisamente de 2011 a 2021.

O futebolista de 33 anos de idade, fez saber o motivo pelo qual tomou a decisão de pôr fim a carreira.

“Os médicos disseram-me que a melhor decisão a tomar é deixar de jogar. Tomei a decisão há dez dias. Fiz tudo o que era possível para ver se havia esperança, mas não houve muita. Quando fiz o primeiro exame físico, os médicos chamaram-me para avisar que havia uma possibilidade muito grande de eu não continuar como profissional. Não foi fácil. Quando eles me ligaram e disseram que era mesmo o fim, demorei uns dias a processar que realmente era o fim”, explicou Aguero.

A 30 de outubro, num encontro da Liga espanhola frente ao Alavés, o internacional argentino foi substituído ainda durante a primeira parte com dores no peito, situação que, mais tarde, se descobriu que foi causada por uma arritmia cardíaca.

“Gostaria de ter conquistado mais títulos, mas acabo feliz e orgulhoso do que alcancei. Tenho agora como objetivo continuar ligado ao futebol, mas ainda não sei bem de que forma. Vou ter tempo para pensar nisso. O mais importante que ainda estou cá, só não posso é voltar a jogar”, referiu.

A nível de clubes, o argentino termina a carreira com uma Liga Europa (Atlético Madrid), cinco títulos de campeão inglês e uma Taça de Inglaterra. Na última temporada, Aguero esteve perto de levantar o troféu da Liga dos Campeões, fato que não sucedeu dado que o Manchester City perdeu na final pelo Chelsea por (1-0).

Na época de despedida, Aguero fez apenas cinco jogos e um golo pelo FC Barcelona, clube no qual chegou no último mercado de transferências, depois de estar no Manchester City.

O avançado é melhor marcador da história do clube inglês, com 260 golos, e foi um dos jogadores que alavancou a equipa em Inglaterra e nas provas europeias.

Pelo Manchester City, Agüero fez 12 ‘hat-trick’ na ‘Premier League’, o máximo que um jogador pode alcançar na competição, tendo tornado-se no quarto melhor marcador de todos os tempos, com 184 golos.

Aguero passou também pelo Atlético Madrid por cinco temporadas.

Pela seleção argentina, fez 97 jogos e marcou 41 golos, número que coloca o agora ex-avançado no terceiro lugar dos melhores marcadores de sempre da Argentina, seu país.

No último verão, conquistou a Copa América, o único título ao serviço da seleção principal. Nos escalões jovens, ganhou uma medalha de ouro em Pequim2008 e dois Mundiais sub-20.

NÓS VIVEMOS O DESPORTO!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.