LOURENÇO JÚNIOR DEFENDE VALORIZAÇÃO DOS JOGOS ESCOLARES

António Lourenço Júnior, gestor desportivo de “mão cheia”, defende que os jogos escolares e o desporto comunitário devem ter a devida valorização, pois para este, são a base para a resolução dos problemas do Desporto profissional.

TEXTO: ANICHA MABULE

O decano do desporto nacional, defendeu a tese durante a auscultação pública sobre a revisão da actual lei do Desporto, que vigora desde 2002:

” devia ser obrigatória a prática do desporto para todo aluno, pois, a prática deste ajudaria para o densevolvimento do desporto no país(…) o desporto escolar não deve limitar-se tão somente no festival nacional dos jogos escolares, mas sim, num movimento desportivo constante e contínuo, onde seria obrigatório toda a gente praticar o desporto(…) o aluno devia, por obrigação ter uma modalidade desportiva a praticar, isto ajudaria no desenvolvimento do desporto (…)”disse.

Mais adiante ,explica que o desporto comunitário é importante, porque resolve uma série de problemas que o desporto escolar não consegue resolver, em virtude disso, este deve ser um pilar para o movimento desportivo:

“O desporto comunitário resolve uma série de problemas que o desporto escolar não consegue resolver, isso tem haver com o facto de que um estudante por exemplo termina a sua carreira como estudante no ensino pré-universitário, se não entrou no clube o que vai fazer, não vai praticar desporto nenhum, mas o importante é que está inserido numa comunidade, então o desporto comunitário tem que ser um dos pilares deste movimento desportivo, o que quer dizer que, a lei tem que mudar no que diz respeito aos subsistemas desportivos” explicou.

O debate público sobre a revisão da Lei do Desporto procegue esta segunda-feira (17), com a auscultação a jornalistas e representantes dos órgãos de comunicação social, na sede Secretaria de Estado de Desporto.

NÓS VIVEMOS O DESPORTO!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.