CAF QUER ESTÁDIOS COM 5 ESTRELAS

A Confederação Africana de Futebol (CAF) recomenda que as Federações nacionais aproveitem este período de suspensão devido a pandemia de covid-19, para trabalhar na requalificação dos seus estádios tendo em vista a adequá-los aos padrões exigidos para a realização de jogos internacionais.

TEXTO:MÓNICIA MABAI

Numa nota enviada este Domingo (26) às Federações nacionais, a CAF começou por repisar que o país cujo estádio não reunir os requisitos, não receberá partidas das suas selecções, sendo que a mesma deverá ser realizada num país que condições para o efeito:

(…) A CAF pretende garantir o uso de
estádios adequados de alta qualidade, para que jogadores e adeptos possam disfrutar deste
maravilhoso jogo de futebol. Vários aspectos devem ser cuidadosamente avaliados nos estádios africanos, relacionados ao campo, iluminação, conforto, segurança dos espectadores, jogadores, oficiais, instalações de media e marketing, entre outras áreas. Com referência à circular da CAF de 11 de fevereiro de 2020, a CAF estabeleceu uma política segundo a qual apenas estádios de alta qualidade serão aprovados para uso pelas federações- membro e clubes nos jogos da CAF”.

O organismo que gere o futebol africano, quer que as Federações nacionais aproveitem o período de suspensão devido a covid-19, para melhorar as suas infraestruturas:

(…) a CAF recomenda que este período de interrupção
seja usado para melhorar os estádios e outras instalações de jogo em seus respectivos locais,
sempre que possível.”

A CAF identificou os principais pontos que são considerados como requisitos MANDATÓRIOS
para que um estádio seja aprovado para competições de alto nível. QUANDO O ESTÁDIO DE UM PAÍS NÃO CUMPRA COM OS REQUISITOS, A SUA EQUIPA NACIONAL TERÁ QUE DISPUTAR OS
SEUS JOGOS NUM ESTÁDIO APROVADO EM OUTRO PAÍS” lê-se no comunicado.

Recorde-se que a CAF proibiu a realização de jogos das selecções nacionais nos estádios do Zimpeto e Machava em Abril último, pois as infraestruturas não reuniam os devidos requisitos. ESFÉRICO sabe que no caso no ENZ, já trabalha-se para melhorar o património, enquanto que o mítico estádio da Machava aguarda pelo seu momento.

Nós vivemos o Desporto!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.